Agência Baked

Atentar-se ao posicionamento de sua marca nas redes sociais é uma essencial e transformadora estratégia de social media e branding. Essencial porque ela é inerente ao marketing digital, não pode ser evitada nem deixada de lado, simplesmente faz parte. Transformadora porque transforma, claro. Marcas podem ressurgir ou desaparecer, ascender ou estagnar, tornar-se amadas ou odiadas, cair na graça da povo ou virar motivo de chacota, tudo isso dependendo do seu comportamento na rede.

Não vale somente ter forte presença e um excelente conteúdo nas mídias digitais. Investir em conteúdo criativo e super produzido não garante o sucesso de uma marca nas redes sociais. É preciso planejar, monitorar, acompanhar os resultados, repensar as estratégias e fazer tudo isso sempre, dia após dia! Pode até não parecer, né? Mas Internet não é terra de ninguém. Na verdade, é terra de todo mundo. E todo mundo está de olho no que você faz por lá.

Então, vamos conversar sobre 5 atitudes do social media que podem ser um problema e devem ser evitadas:

Fugir da crise

Essa é velha, mas não custa lembrar! Na hora que o bicho pega, o primeiro impulso pode ser o de sair de fininho e fingir que nada aconteceu, afinal “pra que cutucar onça com vara curta?”. Mas a verdade é que a onça já foi cutucada e ficará ainda mais furiosa se receber um baita silêncio como resposta. Então, diante de uma reclamação racional e factual, a resposta precisa ser transparente. Situações negativas pedem uma postura honesta e, obviamente, que ajude a amenizar a mancha na imagem.

Spamming

Não transforme seu conteúdo em spam! Para isso, pegue leve na quantidade de publicações, especialmente quando estiver vendendo o produto ou serviço. Tem muita página recebendo o famoso “block” porque está enchendo o feed dos seguidores com promoções, ofertas e textos apelativos. Take it easy, ok? Além de ser muito chato, essa atitude não ajuda nas vendas. Pelo contrário.

Passar dos limites

Quem disse que a “zoeira never ends” certamente não estava se referindo ao comportamento do social media. Brincadeira tem limite até em mesa de bar, imagine só na página do seu negócio. O SAC precisa ter jogo de cintura para manter o equilíbrio entre descontração e sobriedade. Sair atirando memes, gifs e bordões não é uma boa decisão. Claro que as redes sociais permitem (e até pedem) uma linguagem mais solta, no entanto, isso precisa acontecer de forma planejada e dentro do social script. É só não exagerar.

Menosprezar as conversões

Ok, a gente sabe que conversão não é o único objetivo de uma marca que investe em social media, mas no fim das contas, quem paga as contas? Se os seus 300 mil seguidores são super engajados, compartilham seu conteúdo, marcam os amigos e deixam vários comentários nas publicações, parabéns! O trabalho de Social Media está indo muito bem. Mas as vendas aumentaram? Se não, algo está faltando em sua estratégia. Pode ser que o problema não esteja no gerenciamento das redes sociais, mas é preciso ficar atento para você não estar vendendo apenas conteúdo e se esquecendo do seu produto.

Perder a identidade

Fique atento ao social script. Releia sempre que puder! Faça pequenas alterações se perceber que é necessário. Mas não se comporte de maneira volátil nas redes sociais. A identidade da marca não pode ter alterações de humor e mudança de personalidade. É um grande problema se um dia você está ácido e no outro super fofo, a menos que isso faça parte da sua estratégia, claro. Mas uma vez que sua identidade está definida, mantenha-a para que o seguidor da página não fique confuso e até perca o interesse. Esse conselho serve pra vida real também, vale ressaltar, né?

E aí, você consegue identificar alguma atitude dessa no seu social media? Se sim, pense um pouco sobre o assunto e decida se vale a pena mudar a direção. Mas vamos em frente!

Luan Andrade